Como anda seu sono?

Como anda seu sono?

O Sono e a imunidade estão bidirecionalmente ligados. A ativação do sistema imunológico altera o sono, e o sono, por sua vez, afeta o braço inato e adaptativo do sistema de defesa do nosso corpo.
 
A estimulação do sistema imunológico por desafios microbianos desencadeia uma resposta inflamatória, que, dependendo de sua magnitude e curso de tempo, pode induzir um aumento na duração e intensidade do sono, mas também uma interrupção do sono. A melhora do sono durante uma infecção é considerada um feedback ao sistema imunológico para promover a defesa do hospedeiro. Na verdade, o sono afeta vários parâmetros imunológicos, está associado a um risco reduzido de infecção e pode melhorar o resultado da infecção e as respostas à vacinação.
 
A indução de uma constelação hormonal que apoia as funções imunológicas é um mecanismo provável subjacente aos efeitos de suporte imunológico do sono. Na ausência de um desafio infeccioso, o sono parece promover a homeostase inflamatória por meio de efeitos em vários mediadores inflamatórios, como as citocinas. Esta noção é apoiada por descobertas de que a deficiência de sono prolongada (por exemplo, curta duração do sono, distúrbios do sono) pode levar a uma inflamação crônica e sistêmica de baixo grau e está associada a várias doenças que têm um componente inflamatório, como diabetes, aterosclerose e neurodegeneração. 
 
Mantenha o seu sono em dia, dormir 8 horas por noite, pode ser prazeroso e muito benéfico a todo o seu sistema imunológico. 
 
Alguns chás como o de Camomila, Passiflora, Valeriana, Erva Cidreira podem ajudar a ter uma boa noite de sono. Mas, se perceber que a insônia persiste, busque um médico e passe por um atendimento com seu clínico geral.

Publicado em Qualidade de Vida | em 17 de Novembro de 2020

Compartilhe


Deixe o seu comentário



Posts recomendados



Calcule seu IMC


Arquivos


Curta o VIVA ASSIM




SIGA O BLOG VIVA ASSIM

Receba os melhores conteúdos e novidades

ASSIM SAÚDE