Saiba mais sobre a dor de garganta

Saiba mais sobre a dor de garganta

 

A dor de garganta pode ocorrer por vários motivos, pois é um sintoma muito comum de várias doenças, condições e infecções.

As causas mais comuns são: gripe, resfriado, monocleose, sarampo, coqueluche, catapora e difteria.
Outras causas menos frequentes são: alergias, refluxo, uso excessivo da voz e até secura na garganta, provocada por ar-condicionado, tempo seco ou dormir de boca aberta ou tumores.

Sintomas da dor de garganta:
- Dor que geralmente piora ao engolir;
- Sensação de garganta arranhada;
- Dificuldade para engolir;
- Inchaço na região;
- Rouquidão;
- Pus nas amídalas (geralmente relacionado a infecção bacteriana).

Dependendo da causa pode haver outros sintomas junto, como: tosse, dores no corpo, febre e dor de cabeça.

Tratamento:
O tratamento depende da causa da dor de garganta. Porém geralmente sé tratada com analgésico, anti-inflamatório e pastilhas. Dependendo de causas maiores, o médico pode receitar antibiótico.

Independente de qual seja a sua suspeita, buque um médico e não se automedique. Consulte um médico para que seja avaliado e realize o tratamento adequado para cada caso.

A dor de garganta pode ocorrer por vários motivos, pois é um sintoma muito comum de várias doenças, condições e infecções.

As causas mais comuns são: gripe, resfriado, monocleose, sarampo, coqueluche, catapora e difteria.
Outras causas menos frequentes são: alergias, refluxo, uso excessivo da voz e até secura na garganta, provocada por ar-condicionado, tempo seco ou dormir de boca aberta ou tumores.

Sintomas da dor de garganta:
- Dor que geralmente piora ao engolir;
- Sensação de garganta arranhada;
- Dificuldade para engolir;
- Inchaço na região;
- Rouquidão;
- Pus nas amídalas (geralmente relacionado a infecção bacteriana).

Dependendo da causa pode haver outros sintomas junto, como: tosse, dores no corpo, febre e dor de cabeça.

Tratamento:
O tratamento depende da causa da dor de garganta. Porém geralmente sé tratada com analgésico, anti-inflamatório e pastilhas. Dependendo de causas maiores, o médico pode receitar antibiótico.

Independente de qual seja a sua suspeita, buque um médico e não se automedique. Consulte um médico para que seja avaliado e realize o tratamento adequado para cada caso.



Publicado em Saúde | em 13 de Janeiro de 2022

Compartilhe


Deixe o seu comentário



Posts recomendados



Calcule seu IMC


Arquivos


Curta o VIVA ASSIM




SIGA O BLOG VIVA ASSIM

Receba os melhores conteúdos e novidades

ASSIM SAÚDE